Carol La Lach
Fotofrafia

Informes das Abelhas 

  • Abelhas da Colmeia

4 dicas simples para ter fotos mais bonitas de seus produtos

Cada vez mais as mulheres estão se tornando empreendedoras no Brasil. Basta olhar a quantidade de grupos de negócios formados por mulheres, feiras exclusivas de empreendimentos femininos (como a nossa da Rede Colmeia de Mulheres) e eventos de empreendedorismo voltados para o público feminino.


É sempre bom lembrar que algumas mulheres optam pelo empreendedorismo, entretanto muitas outras acabam ingressando nesse mundo por necessidade. Quem de nós nunca ouviu da boca de alguma mulher a dificuldade em conseguir trabalho por conta dos filhos pequenos? A necessidade de ficar em casa cuidando das crianças por falta de rede de apoio ou creches que lhe permitissem trabalhar fora? Ou até mesmo a maternidade solo, que a obriga a trabalhar mais para obter renda extra? Seja qual for o motivo, o fato é que cada vez mais as mulheres estão à frente de pequenos negócios, e com isso algumas atividades que talvez nunca fossem pensadas anteriormente por elas, agora se tornam vitais para o crescimento e a venda dos seus produtos. Uma delas é a fotografia dos produtos.


No mundo dos sonhos de toda a pequena empreendedora, o negócio criado vai ser sustentável o bastante para ter uma verba separada para gastar com publicidade e isso inclui as fotos dos produtos. Nesse mundo perfeito, um fotógrafo profissional entrará em ação e fará imagens lindas de todas as criações da empreendedora. Sabe aquelas imagens que dão muita vontade de comprar o produto? Tudo perfeito, com a iluminação perfeita e um tratamento posterior das imagens. Mas aquela máxima “expectativa X realidade” se encaixa muito bem aqui. A maioria dos pequenos empreendimentos comandados por mulheres são do tipo “eupreendedor”, ou seja, uma mulher sozinha à frente de todas as atividades do negócio. Ela não só cria os produtos como também faz as fotos para a divulgação, cuida do marketing da empresa, faz às vendas, as entregas e ainda se vira nos trinta com a contabilidade da empresa. É, não é bem aquele mundo dos sonhos...


Nesse tipo de empreendimento, onde tantas funções são acumuladas, às vezes as fica difícil cuidar de tudo, e as fotografias dos produtos acabam sendo feitas de qualquer forma, o que é um erro enorme. Vivemos tempos de pandemia, e com isso a internet virou a única forma segura de mostrar os produtos e vendê-los, e sem imagens boas, capazes de atrair o consumidor, as vendas podem ficar bastante prejudicadas.


Eu não sou fotógrafa profissional. Gosto do assunto e até já fiz cursos de fotografia, mas não ganho a vida tirando fotos. Entretanto, sou uma “eupreendedora”. Tenho um ateliê de brinquedos artesanais e posso garantir pra vocês que sem fotos atrativas eu não estaria vendendo meus produtos durante esse período de quarentena. Então me proponho aqui a dar algumas dicas que eu uso para fotografar meus produtos, e que são simples e podem ser utilizadas por qualquer empreendedora!


Mas já aviso que não vou falar de equipamentos, nem de apps para a edição de imagens. Para mim, o melhor equipamento de fotografia é o que você tem! E sobre os apps, já tem muita coisa publicada na internet sobre esse assunto, de gente muito mais capacitada para falar sobre isso do que eu. Então basta dar uma pesquisada no Dr. Google, que você vai encontrar opções. Vou falar aqui 4 dicas simples, mas que a gente nem sempre se dá conta, e que me ajudam muito nesse mundo de fotos para a venda de produtos.


1. Um fundo claro ajuda muito!




Deve ter um motivo para isso, e confesso que eu não parei para estudar esse assunto, mas o fundo da foto ser claro ajuda muito a atrair o olhar do consumidor. Faça você mesmo esse teste. Entre em uma plataforma de vendas de produtos, e comece a olhar as fotos... em poucos segundo você vai perceber que as fotos que estão emum fundo claro parece que se destacam mais. E se você está em um, essa é a intenção! Para isso basta uma parede clara, ou um pedaço de madeira pintada ou até mesmo um pano claro (bem passadinho!). Isso já vai destacar muito o seu produto!


Falei em um fundo claro, não branco, pois alguns produtos de cores claras, em um fundo branco podem não se destacar. Nesse caso um fundo azul claro ajudaria mais.

2.Em busca da melhor luz ambiente...



A luz é fundamental na fotografia, e ter ela a seu favor ajuda muito na hora das fotos dos produtos. Procure fazer as fotos em locais com entrada de luz ambiente, por exemplo perto de uma janela que entra bastante claridade (luz indireta! Não é o local onde entra luz solar diretamente no produto). Isso vai evitar que você precise usar outros focos de iluminação, que às vezes geram muita sobra contrária.


Nesse caso a minha dica é o seguinte, tire um ou dois dias para brincar de fotógrafa! Escolha o local das fotos (ou os locais! Quanto mais teste melhor!), arrume o produto que você irá fotografar e faça fotos de tempos em tempos ao longo do dia. Sempre tem uma hora durante o dia que você percebe que as fotos ficam muito mais bonitas, mais naturais. Essa é a sua luz ambiente ideal! Aquela em que você praticamente não vai ter que acrescentar filtros, ou mexer na foto em algum app. Essa dica é importante, pois ajuda inclusive na sua programação para fazer as fotos. Se você sabe que sua luz ambiente ideal será por volta das 14h, por exemplo, você precisa se organizar para fazer as fotos nesse horário. Ah, e uma coisa importante, sua luz ideal não será a mesma ao longo do ano! Então teste sempre que puder!


3. O tempo das fotos não é o tempo do mundo lá fora!

Fazer as fotos dos seus produtos vai levar tempo, então se programe para fotografar em um dia que você tem tempo de sobra. Você vai tirar muitas fotos de um mesmo produto, às vezes de ângulos diferentes, mostrando detalhes específicos, montagens diferentes, então faça isso com calma. Quanto mais fotos, maior a chance de ter fotos boas para usar.

Não são raras às vezes em que eu tiro as fotos e quando vou abrir a fotografia no computador, algum detalhe que eu não vi na hora me chama a atenção e estraga a foto (por exemplo: um fiapo de linha onde não deveria estar, uma sujeirinha no fundo claro e etc.). Quando eu tenho mais fotos, de ângulos diferentes, onde possivelmente aquele detalhe não apareça tanto, eu não perdi meu tempo de trabalho, e não terei que refazer a foto. Por isso gastar mais tempo para tirar as fotos evita perder mais tempo refazendo o trabalho.


4.Faça fotos com cenários diferentes!



Ué mas você não acabou de falar para ter fotos com um fundo claro? Sim, mas ter algumas fotos ambientadas também ajuda muito, principalmente se for um produto pequeno. Dar a real noção do tamanho de um produto para o consumidor irá reduzir o número de reclamações, pois sempre vai ter aquela pessoa que pensou que o produto era maior do que realmente é.

Para isso, procure usar objetos ou cenários que todos consigam de cara entender mais ou menos que tamanho é o objeto. Por exemplo, artigos de papelaria podem ser ambientados com uma caneta ao lado, isso ajuda a ter a noção de tamanho, pois todos temos a ideia do tamanho de uma caneta. O mesmo para bijuterias, um brinco pendurado em um suporte não me diz com tanta clareza o tamanho do brinco, mas um brinco em uma orelha já dá uma noção bem melhor de tamanho. No meu caso, a mão de uma criança pegando o meu produto já ajuda muito a ter essa noção de tamanho.


São dicas bem simples, mas que com certeza vão te ajudar a ter imagens melhores dos seus produtos, e com isso um Instagram/site/ loja virtual mais bonitos, o que vai converter em mais vendas!


Clarissa Mortari tem um ateliê de costura especializado em brinquedos educativos e bonecas de pano


18 views1 comment

Recent Posts

See All

©2018-2021 Coletivo Colmeia de mulheres
 

  • Facebook
  • Instagram